REI UBU-KOWISKI: DumBushFish

quarta-feira, outubro 05, 2005

DumBushFish


O Que Eu Tenho De Fazer?
Camisa de Vênus

Me diga por favor, o que é que eu tenho de fazer
Eu faço qualquer coisa só pra dormir com você
Posso lhe dar calor, e mais se você quiser
Me diga como você gosta, eu quero é ter você, mulher
Posso ser masoquista ou da polícia, não faz mal
Poso até de Rock Star, um símbolo sexual
Serei DumBusharon ou outro herói ianque
Posso cuspir na sua cara, como faria um punk
Serei como os políticos que prometem a vida inteira
Ou crítico musical pra poder lhe falar besteira
Eu viro homem - aranha e entro pela sua janela
Serei débil mental como um galã de novela
Visto uma bermudinha como qualquer donzelo bobo
Viro até oligofrênico e entro no pique da Globo.

Tente Outra Vez
Raulzito

Veja
Não diga que a canção está perdida
Tenha em fé em Deus, tenha fé na vida
Tente outra vez
Beba
Pois a água viva ainda está na fonte
Você tem dois pés para cruzar a ponte
Nada acabou, não
Tente
Levante sua mão sedenta e recomece a andar
Não pense que a cabeça agüenta se você parar,
Há uma voz que canta, uma voz que dança, uma voz que gira
Bailando no ar
Queira
Basta ser sincero e desejar profundo
Você será capaz de sacudir o mundo, vai
Tente outra vez
Tente
E não diga que a vitória está perdida
Se é de batalhas que se vive a vida
Tente outra vez.

Metástase
Camisa de Vênus

Marx sacou um dia que andava confuso
Mas havia milhares para ele fazer uso!
Livros vendidos o sistema comprou,
Você aprendeu e então dançou
Mais uma esquerda, outra direita
Mais um ideal e mais uma mutreta Hitler sacou um dia, que andava inseguro
Mas já era muito tarde para derrubar o muro
A atitude tinha de ser drástica,
Até morrer pela suástica
Mais um católico, mais um ateu,
Mais um crioulo, mais um judeu Freud sacou um dia que ele podia pirar
Mas havia centenas para ele analisar
"O seu problema é esquizofrenia,
Agora pague e volte outro dia!"
Mais um que vem, mais um que sonha
Mais um orgulho, mais uma vergonha
O jogo acabou e você perdeu
Era pra subir e você desceu
Agora que já perdeu o trem
Não acredita em mais ninguém Jesus sacou um dia que iria enlouquecer
Mas havia um rebanho para ele converter
O Pai havia aberto o portão do céu
A cruz estava lá, era seu troféu
Mais um que cai, mais um que gira,
Mais uma verdade, mais uma mentira.

Lena

Lena como foi que aconteceu
Tanto tempo já passou
Você foi dar um mergulho
E por pouco não se afogou
Lena você ainda se impressiona
Com carros sem capota
Com discos de Bob Dylan
E madames com cara de idiotas
Lena onde estão aquelas fotos
Com você pousando nua
E que livravam a minha cara
Quando você estava na rua
Lena veja o que o tempo faz
Com as pessoas que não querem
Perder o gás
De sair na sexta à noite
Você logo ficava afim
E eu ficava com a impressão
Que essa cidade estava contra mim.
Em Nova Yorque foi ao Village
Pegou um táxi e... Down Town.
Apertou a mão de Lian Hunter
Hei isso aqui não é nada mal
Já voamos a favor do vento
Nadamos contra correnteza
Mas nada foi suficiente
Isso nós já temos certeza
Lena veja o que o tempo faz
Com as pessoas que não querem
Perder o gás
Lena como foi que isso aconteceu
Tanto tempo já passou
Você foi dar um mergulho
E por pouco não se afogou
Lena você ainda se impressiona
Com aqueles carros antigos vermelhos sem capota
Com discos de Janis Joplin
E madames com cara de idiotas
Lena onde estão aquelas fotos
Com você nua
E que livravam a minha cara
Quando você estava na rua
Lena veja o que o tempo faz
Com as pessoas que não querem
Perder o gás.