REI UBU-KOWISKI: Nó Gordio

terça-feira, agosto 09, 2005

Nó Gordio

É destruidor no tom, melodramático nas pausas, quando dá tempo aos cérebros ouvintes de captar o alcance do que acaba de dizer. No silêncio, abaixa o tronco e a cabeça, eleva os olhos para o seu alvo e faz com que aqueles olhos sombrios mostrem o tamanho de seu desprezo e a falta de limites de sua determinação.